China realmente controla oBitcoin?

Cédulas do real (Imagem: Brito Andrade / Mais Atual)

Uma coisa quase todo mundo sabe, o Bitcoin é uma das criptomoedas que mais oscila no mundo. Pra se ter uma ideia, no dia 12 de dezembro de 2020, 1 Bitcoin, estava valendo pouco mais de R$ 95 mil. 1 mês depois a moeda ultrapassou a marca dos R$ 220 mil. Atualmente 1 Bitcoin equivale a R$ 202 157,64, de acordo com dados do Google.

Mais a moeda divide opiniões e trás polêmicas em questão, como a facilidade para o tráfico de drogas, lavagem de dinheiro, corrupção. Tudo isso são suposições de que a moeda trás com a facilidade no mercado.

A China é uma das maiores potências do mundo e há suposições que o país asiático controla a criptomoeda desde 2016. Mesmo proibindo o comércio da mesma em 2018 e ameaçando reprimir mineradores em 2019.

De acordo com o Centro de Finanças Alternativas da Universidade de Cambridge, a China controla cerca de 65% da média mensal do hashrate do Bitcoin, o que seria mais que os seus três concorrentes juntos: EUA, Rússia e Cazaquistão, que juntos somariam em torno de 20%.

Com isso podemos concluir que a China tem grande poder no mercado do Bitcoin. Que hoje se tornou algo padrão assim como um dia, foram so cheques, recentemente os cartões de crédito e agora um presente futuro teremos o Bitcoin, que está em todos os lugares.

Podemos dizer que o Bitcoin um dia será o que chamamos de padrão para o mundo. Uma criptomoeda que iguala o valor no mundo todo.

0 0 votes
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários